Professor Anderson Reis

Anderson Reis é natural de Ouro Branco radicado em Belo Horizonte desde 2010 quando iniciou seus estudos na UFMG. Bacharel e mestre em música pela mesma instituição, o músico se dedica ao instrumento se apresentando em solo, duos de violões, junto a cantores e em quartetos de violão, não se limitando a nenhum gênero musical. O músico já se apresentou diversas vezes em programas como o Segunda Musical da ALMG, e apresentou o recital Cordas que cantam em vários centros culturais de Belo Horizonte na série violões pela cidade. Como professor tem atuado ministrando aula de violões em aulas particulares e em pequenos grupos, tendo o interesse de aprender e desenvolver metodologias de ensino de violão para crianças de modo interativo.

Contato – Professor Anderson Reis

anderson-reisWhatsApp: (31) 98771-4355

E-mail: andersonreiss@outlook.com

Conheça melhor o Professor Anderson Reis:

O que te dá mais satisfação ao dar aulas?

Sentir que o aluno cada vez mais se aproxima de forma aberta à arte do som através da música e do violão. Ajudar o estudante a refinar a escuta, ouvir outros sons que ele sempre ouviu, mas não havia percebido antes. Estudar música é se conhecer, testar os limites, estar na fronteira da própria capacidade, se provar, insistir, persistir e nessa longa caminhada ver que cada um pode dar um passo e se alegrar com cada um deles. Quando percebo que o aluno sentiu um pouco disso é gratificante.

Artistas e Bandas que você gosta

Pergunta difícil hein? São muitos, os brasileiros primeiro, a inventividade harmônica e melódica do Guinga, o samba de raiz de Cartola, o molejo de Jacob do Bandolim, violão brasileiro do Garoto, Baden, a grandiosidade de Villa-Lobos, o som visceral do Milton Nascimento e por aí vai…

Dos estrangeiros a genialidade de Bach, o violonismo do mexicano Ponce, as cores musicais de Debussy, Ravel. Do Jazz Louis Armstrong, Ella Fitzgerald, Miles Davis. Do rock Iron Maiden e Led Zepplin. Bom é ouvir música boa!

Uma música escolhida a dedo:

 Qual dica você dá pra quem está começando ou querendo parar de “arranhar o violão” e tocar de verdade?

Se você quer tocar violão além do básico a primeira coisa que posso dizer é:  Não existem métodos fáceis, ou atalhos. Isto não quer dizer que vai ser custoso, ou doloroso, definitivamente não! Mas há um componente interno, uma atitude que deve ser aprimorada, cuidada dia após dia. Estou falando da disciplina . Disciplina é liberdade, já cantou Renato Russo.
É através do cultivo desta atitude,  como uma planta pequena é que você vai conseguir sair deste estado básico do aprendizado. Se você não desistir, não parar e não retroceder, em breve vai começar a ver os primeiros brotos, flores e sinais do seu crescimento musical.
Se puder contar com um professor a lhe orientar nesse estudo melhor, com ele este crescimento será potencializado ainda mais. Alguém que por meio de experiência própria poderá definir pequenas metas a serem alcançadas. O professor poderá adequar o repertório que mais te agrada ao seu estágio de desenvolvimento, incentivar, lhe apresentar novas possibilidades musicais e uma visão diferenciada.
Tenha paciência outra atitude interna que vai lhe ajudar nesta caminhada, com ela cada desafio é superado dia a dia. Entenda que para sair do nível básico você vai precisar de subdivir, como em um quebra-cabeça, várias habilidades e com foco, disciplina e paciência você vai ser montando a sua imagem como um músico melhor.
Se preciso for conte com a nossa ajuda! E uma última frase que li esses dias e me chamou a atenção : “Há mais pessoas que desistem do que fracassam ” Henry Ford.

Veja o Professor Anderson Reis tocando:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *