Ensinar violão: dicas IMPERDÍVEIS para troca de acordes!

Inscreva-se para saber dos novos conteúdos, assim que sejam publicados.

Compartilhe este Post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Um dos problemas muito comuns que identificamos ao ensinar violão a iniciantes consiste na dificuldade em trocar de acordes, na mão esquerda. Geralmente, o aluno acaba demorando demais para trocar o acorde, o que interrompe o fluxo da música e o impede de ter uma experiência mais agradável e musical. A fim de resolver esses problemas, mostraremos 2 dicas (“rolo compressor” e “ônibus”), que forçarão (no bom sentido, claro) o aluno a executar o movimento com mais fluidez. 

Falemos delas, então:

1) Dica do rolo compressor:

Este truque é muito simples. Suponhamos que o seu aluno está tendo que interromper o fluxo da música a todo tempo para posicionar os dedos, apenas diga a ele o seguinte: “mantém o ritmo da música e deixe a mão esquerda se virar”. Ou seja, da mesma forma que um rolo compressor torna lisas as superfícies irregulares, a técnica do “rolo compressor” tornará regular uma irregularidade rítmica. Claro que não sairá tudo perfeitamente belo de primeira, mas ao menos ele não ficará frustrado por ter que interromper a música a toda hora. A sua mão esquerda, aos poucos, acompanhará o movimento do que está acontecendo, aprimorando a qualidade do som!

2) Dica do ônibus:

Esta daqui consiste no “outro lado da moeda”. Se, na dica do rolo compressor, dissemos ao aluno “mantém o ritmo e deixa a mão esquerda se virar”, aqui falaremos para ele só tocar no momento em que todos os dedos estiverem na posição certa. A dica não tem esse nome à toa, já que consiste em algo análogo ao que acontece em um ônibus (pelo menos, deveria ser): o motorista deve esperar os passageiros (dedos) entrarem para que possa fechar as portas e acelerar (tocar)

Aplicando as duas técnicas, seu aluno desenvolverá a habilidade que cada uma delas permite desenvolver. Perceba que estamos isolando as partes do problema, a fim de que ele(a), corrigindo cada uma de uma vez, seja capaz de resolvê-lo por inteiro.

ensinar violao
Ensinar violão deve ter como objetivo tornar o aluno independente de você!

DICA EXTRA! Pedir para que o aluno mude os acordes sem tocar!

Esta é uma excelente técnica também e convém aplicá-la em conjunto com as outras. Consiste no seguinte: você pedirá ao aluno que coloque os dedos nas posições corretas e que faça as mudanças de acorde repetidamente e sem tocar. Ou seja, ele só movimentará a mão esquerda, deixando a direita à toa. Você não precisa pedir para que ele acerte tudo logo de cara, mas deverá, de início, pedir para que somente posicione os dedos perto de onde eles devem ficar, fazendo mais ou menos a forma ideal do acorde (aos poucos, isto vai sendo aprimorado)

Desta maneira, o aluno aprenderá automatizará as mudanças de acorde, tornando-as mais fluidas e naturais.

Essas 3 dicas podem ser aplicadas em qualquer música, mas exemplificaremos aqui uma possível aplicação nos dois primeiros acordes de Garota de Ipanema.

Nesta música, inicia-se com os acordes F7M e G7(13), tocados como mostra a imagem:

Aqui você pode ver que todos os dedos se movimentam. A passagem de um acorde para o outro não é simples para um iniciante, portanto. Seguindo as dicas que foram apresentadas, pediremos ao aluno que, primeiramente, toque a música sem se preocupar em acertar todas as notas com perfeição (rolo compressor), depois para que só toque quando tiver todos os dedos do acorde preparados na mão esquerda (dica do ônibus) e, por fim, para que pratique a mudança de acordes sem sequer tocar!

Desta maneira, a dificuldade será combatida por todos os lados!

Veja o professor Ricardo Novais ensinando as técnicas do rolo compressor e ônibus, no vídeo a seguir!

Quer melhorar sua didática no violão para crianças? Não perca a oportunidade de conhecer o curso PROVIC, do site Amigo Violão! Neste curso, você aprenderá as diversas técnicas pedagógicas que Ricardo Novais conheceu e desenvolveu ao longo de anos de experiência, tendo já sido aplicadas em diversos lugares do Brasil, com resultados e depoimentos que confirmam cada vez mais sua qualidade! Quer saber mais? Clique aqui e se torne um professor de violão melhor!

Posts relacionados no Amigo Violão:

Você quer aprender violão de forma afetiva, de acordo com sua capacidade?

Veja nossos cursos: